Sopa de Miso com Gengibre

Sopa de Miso com Gengibre

 

Uma grande amiga do teu sistema imunitário!

Ter um sistema imunitário forte pode ser um bom escudo de proteção para fazer frente a agentes internos e externos que vão surgindo durante todos os meses do ano. Especialmente quando se trata daquelas épocas em que as folhas começam a cobrir o chão e o frio se faz pronunciar. O nosso corpo, sentindo-se naturalmente mais fragilizado, pede-nos um bom reforço.

Como é que podemos fazer isso?
Já sabemos que a prática de atividade física como promotora da imunidade e a regularidade de um sono reparador fazem parte de um estilo de vida saudável e, por isso, são ótimas formas de alavancar um estado de completo bem-estar. Mas um outro bom alicerce dessa estrutura é a alimentação equilibrada, variada e, essencialmente, adaptada às nossas necessidades individuais e ao contexto em que estamos inseridos.

Numa situação de pandemia, por exemplo, seria de esperar que sentíssemos a necessidade de nos mantermos protegidos e resistentes e que, para isso, adotássemos estratégias saudáveis que vão para além das boas práticas de higiene e distanciamento social, correto?

Existem outros comportamentos que nos ajudam a reforçar o sistema imunitário. E como a alimentação faz parte dessa equação, nada melhor do que uma sopa quentinha e reconfortante cheia de propriedades medicinais: SOPA DE MISO COM GENGIBRE.

***

Não se trata da típica sopa portuguesa, mas já é conhecida e apreciada por muitos!

Sabias que no Oriente é muito habitual começar o dia com uma taça de sopa de miso? É verdade! Não só faz parte do cardápio matinal como também é vista como a forma ideal de começar todas as refeições. Isto porque o miso é um ótimo alimento para reflorestar a flora intestinal, desintoxicar o organismo e criar um sistema digestivo saudável.

As propriedades medicinais do miso fazem com que esta pasta seja considerada um dos derivados da soja mais ricos e especiais e, na opinião de muitos, uma dádiva divina. Um presente dos deuses para a humanidade!

 

O QUE É O MISO?
O miso é pasta nutritiva feita a partir de grãos de soja demolhados e cozidos, que podem ser misturados com outros cereais, como arroz e cevada. Entra em processo de fermentação através do fungo Koji, que serve como fonte de enzimas. Após a fermentação, adiciona-se sal e processa-se a maturação. Assim nasce o miso!

Pode ter aromas e sabores mais ou menos intensos e texturas e aparências diferentes. As variantes surgem consoante a temperatura e duração da fermentação, da quantidade de sal, da combinação da soja com determinado cereal, da variedade de Koji, da região e época onde é feito e do material usado na fermentação.

Por exemplo, o Miso Branco - resultante da mistura de feijões de soja fermentados com uma percentagem elevada de arroz num processo de fermentação mais curto - possui um sabor mais suave e adocicado. Já o Miso Vermelho - resultante da mistura de feijões de soja fermentados e cevada num processo de fermentação mais prolongado - é mais salgado, escuro e tem um sabor mais acentuado.

QUAIS OS SEUS BENEFÍCIOS?

O miso é considerado um probiótico por ser produzido a partir de um organismo vivo e, para além de reforçar o sistema imunitário, melhora o funcionamento do nosso organismo num todo:
- É rico em proteínas, cálcio, aminoácidos, vitaminas do complexo B, água e fibra;
- Possui um alto teor proteico;
- Desintoxica o corpo;
- Renova a flora intestinal.
- Melhora a digestão;
- Fortalece a qualidade do sangue.

Para além do miso, esta sopa é normalmente constituída por: alga wakame, 2 ou 3 alimentos adicionais e 1 ou outro condimento para finalizar. O ideal é não a sobrecarregar e deixar que as propriedades de cada alimento façam a sua magia. Cá vai uma boa combinação:

Alga Wakame – Possui um poderoso efeito purificante, fornece ao organismo ácidos gordos ómega 3 e é uma das algas mais ricas em cálcio;

Alho francês – Rico em vitaminas A e C, potássio, cálcio, fósforo, ácido fólico e fibras com efeito prebiótico;

Cenoura – Altamente nutritiva, é uma fonte em vitaminas A, B6 e C e apresenta propriedades que estimulam as nossas células de defesa;

Cogumelos – Ricos em vitaminas do complexo B, principalmente B2, B3 e B5, são uma boa fonte de proteína pobre em gorduras e possuem uma ação antimicrobiana;

Gengibre – Alimento termogénico que atua como antioxidante e anti-inflamatório e melhora o desempenho do sistema digestivo, respiratório e circulatório.

***

RECEITA DE SOPA DE MISO COM GENGIBRE

Ingredientes:
- miso de arroz integral (1 colher de sobremesa por taça de sopa);
- 1 talo de alho francês;
- 2 cenouras;
- 150gr de cogumelos frescos;
- 1 tira de 3cm de alga wakame (demolhar 10 min);
- 1 raiz de 3cm de gengibre;
- ervas frescas picadas a gosto (cebolinho, coentros, salsa ou hortelã).

Preparação:

- Com uma tesoura cortar a tira de alga wakame em pedaços pequenos e deixar a demolhar durante aproximadamente 10 minutos.

- Colocar numa panela a água necessária para a quantidade de sopa que se pretende (1 tigela de água por pessoa) e adicionar o alho francês, as cenouras e os cogumelos cortados.

- Tapar a panela e deixar cozinhar até ferver.

- Adicionar a alga wakame, juntando também a água onde a alga esteve a demolhar.

- Retirar um pouco de água da panela para uma taça e dissolver a quantidade de miso necessária (1 colher de sobremesa por taça de sopa) e dissolver.

- Acrescentar a pasta de miso dissolvida à sopa; assim que começar a querer ferver apagar o lume (menos de um minuto); É muito importante não deixar ferver o miso pois o calor ativa as enzimas presentes nesta pasta e, ao ferver, perdem-se as suas propriedades terapêuticas.

- Acrescentar o sumo de gengibre (ralar a raiz no ralador mais fino e espremer o sumo da polpa diretamente na sopa).

- Servir com cebolinho ou coentros picados.

 

Itadakimasu!
(Bom apetite!)



WhatsApp Chat WhatsApp Chat